Apple já testa chips M2, M2 Pro e M2 Max em ao menos 9 modelos de Macs

Apple já testa chips M2, M2 Pro e M2 Max em ao menos 9 modelos de Macs

Notícias

Além dos substitutos do M1 (M2, M2 Pro e M2 Max), Apple pode estar preparando outro M2 para o Mac Pro, que ainda está com Intel

Após apresentar o M1 Ultra e o poderoso Mac Studio, a Apple parece estar concentrando esforços nas substituições dos primeiros integrantes da plataforma Apple Silicon. A empresa está testando os novos processadores M2, M2 Pro e M2 Max em ao menos nove modelos de Macs. 

Mark Gurman, da Bloomberg, divulgou uma lista detalhada de todos os chips em testes. Isso só foi possível porque desenvolvedores de aplicativos conseguiram verificar que seus produtos estavam rodando em computadores com M2 e variantes. Segundo Gurman, a Apple estava mesmo testando os substitutos do M1 em apps de terceiros. 

Apple M2 no MacBook Air, Pro e Mac Mini 

Ao todo, a Apple testa quatro chips em nove dispositivos. O MacBook Air poderá vir equipado com uma configuração “mais simples”, como é hoje. O laptop deve receber o M2, trazendo oito núcleos de CPU e dez de GPU.

Em termos de design, espera-se que o Air M2 sofra um grande redesign, ficando mais fino e equipado com MagSafe em vez de USB-C. Vale lembrar que há muito tempo se fala que o aparelho contará com novas cores, também. 

O M2 ainda vai aparecer em um novo Mac Mini e num MacBook Pro de 13 polegadas mais em conta. Esses computadores terão as mesmas especificações de núcleos do MacBook Air. No relatório, ainda é possível encontrar outro Mac Mini, mas com M2 Pro em testes. 

Num MacBook Pro 14″, a empresa testa um M2 Pro e um M2 Max. Este último é o mais poderoso da linha; ele conta com 12 núcleos de CPU e 38 de GPU (com 64 de memória). Para fins de comparação, o M1 Max, já testado pelo Tecnoblog, oferece CPU de 10 núcleos e GPU de 24 ou 32 núcleos.  

Gurman também diz que a Apple planeja lançar um MacBook Pro maior, de 16 polegadas, com M2 Pro e M2 Max. O último deve vir com a mesma configuração do MacBook Pro de 14″ e também deve ser o mais caro da família de laptops. 

O Mac Pro parece que não ficou esquecido no churrasco. Vale lembrar que a máquina ainda não entrou na onda da arquitetura ARM. Isso pode mudar agora. De acordo com o analista, o computador terá um “sucessor do chip M1 Ultra”, que equipa o Mac Studio. 

A Apple deve apresentar os novos produtos com os sucessores do M1 ainda este ano.