WhatsApp oficializa Comunidades, reação com emojis e mais novidades

WhatsApp oficializa Comunidades, reação com emojis e mais novidades

Notícias

WhatsApp anunciou diversas novidades nesta quinta-feira (14). O mensageiro enfim oficializou as Comunidades, uma nova função que permitirá reunir grupos da escola, trabalho e afins em um único lugar. O aplicativo de mensagens também vai receber reações com emojis e expandiu o limite de participantes em chamadas de voz.

As Comunidades são aguardadas há alguns meses. No fim do ano passado, foi revelado que a novidade facilitaria a organização de grupos. Mais tarde, nesta terça-feira (12), uma captura de tela antecipou que a ferramenta teria uma aba dedicada na tela inicial para visualizar conversas coletivas reunidas em grupos. 

O recurso, no entanto, só foi confirmado pela plataforma nesta quinta-feira (14). De acordo com a equipe do mensageiro, as Comunidades permitirão organizar grupos em uma “guarda-chuva”. Ou seja, será possível reunir as conversas coletivas que tratem de um assunto em comum em um único lugar. 

“As Comunidades do WhatsApp permitirão que as pessoas reúnam grupos relacionados sob uma mesma estrutura que funcione para elas”, afirmaram.

Comunidades do WhatsApp permite reunir grupos sob um único “guarda-chuva” (Imagem: Divulgação/WhatsApp)

Comunidades facilitam a organização de grupos

A função me lembra um pouco o Discord e o Slack, que separa os servidores em canais. Ou seja, os usuários poderão organizar facilmente a discussão em grupos menores sem precisar de outro app. Afinal, se é o caso de uma escola, não faz sentido os pais usarem outro aplicativo só para conversar com professores, falar com os demais responsáveis e receber comunicados no dia a dia.

Esse foi um exemplo dado pelo WhatsApp, aliás. Em uma demonstração, o mensageiro reuniu um canal de transmissão para toda uma escola e grupos para as turmas do quarto e sexto ano em uma Comunidade. Mas também dá para fazer isso com projetos sociais, condomínio, grupo de estudos, trabalho e qualquer outra situação.

O aplicativo de mensagens também promete alguns recursos extras. É o caso do disparo de atualizações para toda a Comunidade e o controle sobre quais grupos poderão ser incluídos no agrupamento. Segundo a equipe do mensageiro, os desenvolvedores terão “ferramentas poderosas” (uia!) para controlar as Comunidades.

WhatsApp libera chamadas de voz com até 32 participantes (Imagem: Divulgação/WhatsApp)

WhatsApp terá reações com emojis e outras novidades

O WhatsApp revelou outras novidades nesta quinta-feira (14). Entre elas, estão as reações com emojis, recurso que já estava disponível para usuários da versão experimental. O mensageiro ainda anunciou o aumento do compartilhamento de arquivos para até 2 GB, alteração que também era aguardada há algumas semanas.

Outra melhoria fica pelas chamadas de voz. Segundo os responsáveis pelo aplicativo de mensagens, as conferências agora têm suporte até 32 pessoas e receberam um “design totalmente novo”. Por fim, o mensageiro anunciou que os administradores de grupos poderão remover mensagens de qualquer integrante nas conversas.

Novidades do WhatsApp: reações com emojis, mensagens apagadas por admin e mais (Imagem: Divulgação/WhatsApp)

E quando tudo isso chegará aos usuários?

As novidades serão liberadas gradualmente. O WhatsApp também lembrou que não vai implementar “nenhuma mudança significativa de produto no Brasil antes das eleições”, conforme foi informado durante uma reunião com o TSE. Por isso, os brasileiros precisarão aguardar um pouco para ter acesso às Comunidades.

Mas as outras funções devem ser liberadas antes disso. Ao Tecnoblog, a assessoria do mensageiro informou que as chamadas de voz para até 32 pessoas já estão disponíveis globalmente aos usuários – desde, é claro, que o aplicativo esteja atualizado. Já as reações serão implementadas em breve. 

Ainda de acordo com o mensageiro, o compartilhamento de arquivos de até 2 GB e a exclusão de mensagens pelo administrador ainda estão em fase de testes. Os recursos serão liberados globalmente “assim que os testes forem concluídos”.